Nossos padrinhos

Aqueles que fazem parte da nossa história, que acompanharam nossos acertos e erros, e que agora estarão ao nosso lado de uma forma especial em um dos dias mais importantes de nossas vidas.

Padrinhos da Noiva
Baby e LelêBaby é um amigo inesperado. Ele era esquisito (e negro, muito negro!!! Isso me assustou). Aos 15 anos, dançava "street dance" com a colônia japa, vestia calça prata cintilante com laranja fluorescente... Mas quis o destino, ajudado pela querida Paulinha, que nos tornássemos mais do que amigos!!!

Fomos a incontáveis baladas japas, restaurantes e bares, curtimos a nossa "juventude" loucamente... E foi na época em que estudávamos no Anglo Tamandaré que ele conquistou o coração da linda e meiga Lelê!

Desde então - isso já faz quase 12 anos!! - estamos sempre juntos! Viajamos, nos formamos, vivemos muitas aventuras. Nunca nos distanciamos e nunca nos distanciaremos.

Vocês são meus companheiros de vida, casal! Muuuuuito obrigada por tudo! Amo vocês do fundo do meu coração!

Carol e AzizCarol é minha irmã. Tenho muita sorte de ter a amizade não só ela, mas da sua família inteira!!

Ela é certamente a melhor coisa que o Mendel me deixou... Acho engraçado que a gente só caiu junto em um ano no colegial, mas a sintonia sempre foi tão grande que nos tornamos inseparáveis! Fomos pra Porto Seguro, jogávamos hand, éramos as japas mais doidas do colégio (doidas com responsabilidade, claro! haha)...

A Carol é do tipo cachaceira-barraqueira-linda-fofa-que-gosta-de-todos-os-personagens-da-Disney-mano-brother-parceira. Uma mistura de emoções e adjetivos em uma só pessoa. Tem um coração enorme (um dos maiores que eu conheço, sem dúvidas!) e sempre me traz presentes lindos das viagens que faz. Nunca, nuuuunca se esqueceu de mim!

Durante a faculdade, passamos um tempo fisicamente mais afastadas porque ela foi morar em Piracicaba. Lá ela conheceu o Aziz, um cara de riso fácil e de coração tão generoso quanto o dela!!! Que sorte a minha, ganhei um irmão!

Carol e Aziz, vocês são muito especiais para mim!!! Saibam que eu os amooooo demais e pra sempre. Obrigada por todo o carinho nesses mais de 15 anos!!!

Paulinha e ClebinhoSe existe uma pessoa que é a minha alma gêmea nesse universo, essa pessoa se chama Paula Matumoto: mesmo nome, mesma altura e manequim, mesma idade e signo, mesma pinta no queixo, mesmos braços tortos... Hahaha, é tanta coisa em comum que a gente nem acredita!!!

É tão difícil descrever o que você significa pra mim (sem lembrar de tantos momentos e não chorar, então, é quase impossível!!)... Nossa amizade é tão longa e tão intensa que eu mal lembro da minha vida antes de te conhecer ou de alguma parte dela em que você não estivesse 100% presente...

Fizemos mil vezes catchball juntas, dormimos em tantos alojamentos nas viagens do soft, dividimos confidências de adolescentes (muitos hormônios naquela época, hahaha), pegamos 27843735 baladas japas (a maioria menores de idade e enganando os pais), entramos na faculdade e nos formamos, viajamos pra tantos lugares, inclusive Uruguai e Japão, passamos por tantos sonhos e desilusões, sempre compartilhando dos mesmos valores e princípios.

Você é a minha parte responsável, a General-transparência-em-pessoa de quem me orgulho taaaaaanto...

Ainda se não bastassem todas as semelhanças pessoais, resolvemos nos superar: resolvemos namorar Clebers japas!!! hahaha... Qual a chance de existirem no planeta 2 japas Clebers nascidos em 1984??? Mais do que as piadas geradas por tamanha coincidência, ganhei um novo amigo e uma pessoa correta, íntegra, tímida e bem-humorada, com quem também tenho certeza de que posso contar!!

Amiga, o amor, o respeito e a admiração que sinto por você são enormes, imensuráveis!!! Eu te amo muito, muito, muuuuuitooo e fico ansiosa só de imaginar o tanto de histórias que ainda temos pela frente! Muito obrigada por ser minha irmã e parceira!!!

YuyuYuyuzinho, Papys... Você é o meu amigo-pai, daqueles que enchem o meu peito de orgulho e de admiração...

Apesar de nos conhecermos desde as fraldas e de termos estudado juntos no mesmo colégio, passamos de amigos a irmãos durante o cursinho (meu Deus, como nós éramos vagabundos e não gostávamos de estudar naquela época, hahahahaha)...

Milagrosamente, depois de tantos bingos, matadas de aula, estudos de matemática, tours gastronômicos e cochilos no carro após o almoço que viravam sonecas de 5 horas, passamos na faculdade e nos tornamos ótimos profissionais!!! Nós abusamos um pouco, mas Deus sempre viu potencial na gente, kkkk...

Enfim, desde lá, nós estivemos sempre juntos. SEMPRE MESMO. Mesmo quando você abriu mão de sair com a gente pra focar nos estudos de concurso, você nunca me abandonou, sempre se preocupou com o meu bem-estar e minha felicidade.

Não houve sequer um momento em toda a nossa longa amizade em que você não me fez sentir especial. Eu sinto uma imensa gratidão por todas as aventuras e viagens que passamos juntos. Você é um poço de sabedoria, espiritualidade, decência e generosidade. Amo muito você, Papys, e espero um dia retribuir todo o carinho que você tem por mim!!!

LuA Lu, Ru ou Luciene é a minha cópia: só que é uma versão mais podre, mais bêbada, mais espírito de porco e mais estudiosa e responsável. Hahaha

Não é à toa que passamos 5 anos inteiros da SanFran - ela, na turma das "lancheiras", de manhã, e eu, na turma dos descolados do noturno - ouvindo colegas em comum dizendo: "meeeeuuu, tem uma japa louca do nosso ano que é igualzinha a você!!!! Vocês precisam se conhecer!!!"

Quando o encontro finalmente aconteceu porque ela foi fazer umas matérias no noturno, foi amor à primeira vista. Ou melhor, à primeira conversa no bar, kkkkk. Minha frequência nas aulas diminuiu porque essa tonta sempre me levava pro mal caminho... Graças a Deus, tinham algumas matérias que eu boiava e você me salvava!!! hehehe

Desde 2010, tenho a sorte de ter você na minha vida. Sempre quando penso que é só desde 2010, sinto estranheza: a sensação é de que eu te conheço desde o berçário!!!

É minha amiga Okinawa que não sabe falar "eu te amo", que vive a vida de forma convicta e determinada, que não consegue dizer "não" e tem sonhos e objetivos bem traçados - ai de quem dizer que ela é não capaz de alcançar algo! É extremamente mão de vaca em algumas coisas e mão aberta pra outras (principalmente quando homens, viagens e baladas estão envolvidas, hahaha).

Enfim, minha otonta-mor, obrigada por ser essa amigona parceira louca, companheira de aventuras internacionais! Eu amo muito você desse jeitinho engraçado e nerd que você é!!!!

BazinhaBazinha é a minha amiga mais louca, alto-astral e linda (do tipo arrasadora de quarteirões e de corações mesmo! S2)!

Nos conhecemos pela Paulinha há muitoooos anos atrás (uns 15?) e, desde lá, a minha vida tem muito mais risadas, muito mais alegrias e boas energias, muitos momentos inesquecíveis e prazerosos graças à minha palhacinha favorita!

Não existiu sequer uma única vez que ela não esteve pronta pra me ajudar e eu sou imensamente grata por isso, amiga!!!

GuizinhoGuizinho é meu amigo mineiro crossfiteiro e gosta mais de Chiclete com Banana e Carnaval de Salvador do que de mim... hahahaha

Mesmo assim, como sei que ele tem um coração de ouro e um dia vai ser meu sócio de escritório, fazer o que, né? Resolvi chamá-lo pra ser meu padrinho!!!

Passamos por muitos perrengues juntos no escritório e eu sou muito grata por você ter feito meu dia-a-dia mais leve!

Que a gente continue com essa leveza na nossa amizade, Gui, mesmo separados fisicamente! E que você encontre a mulher da sua vida logo pra tomar juízo... hehehe

Obrigada por tudo, meu querido! Luv u

Padrinhos do Noivo
DaniNo ano em que vou me casar, completo 20 anos de amizade com você, Dani! Tem noção disto?! E sabe o que acho disso tudo?? Que você poderia ter ido para a manhã antes da 7a. série para gente ter se conhecido antes... Rsrsrsrs

Sei que soa saudosista demais, mas que boas lembranças eu tenho da época em que ficávamos horas e horas no telefone jogando conversa fora! Não foram poucas as vezes em que nossos pais chamaram nossa atenção porque não saíamos no telefone... Nos vermos todo dia no Pueri não era suficiente, tínhamos que nos falar TODOS os dias ainda. Um dia você ligava, no outro eu, sem combinar, quase que um pacto, religiosamente. Quem pode dizer que já assistiu "10 coisas que odeio em você" com alguém pelo telefone??

O tempo passou e só serviu para mostrar que para amizades verdadeiras não existem condições, elas são incondicionais, e que gostar de alguém de verdade não tem preço, gosta-se de graça!

Dancei com você a sua valsa de 15 anos e agora minha melhor amiga será minha madrinha: finalmente estamos quites! Rsrsrs...

Folha e MariUm irmão de mães diferentes! É só assim que consigo definir esse cara. A gente já passou por muita coisa desde as épocas de hockey na AABB, copas intercolegiais com boletins forjados, perdas de pessoas queridas que nos uniram ainda mais, baladas japa sempre na expectativa do "arranca-toco" entrar em ação, viagens regadas de perrengues, corujões de counter-strike com show do Behull de Hog, época de faculdade ao som de New Found Glory, Millencolin, Fenix TX e Dashboard Confessional...

Como o famoso "Folha" (quem me conhece de verdade já ouviu falar esse nome pelo menos uma vez!) não estaria ao meu lado neste momento?? Obrigado por tudo, man!! Você me fez/faz uma pessoa melhor... Nunca vou me esquecer de tudo o que você fez por mim! Acho que nunca vou conseguir retribuir à altura.

Quando perdi o chão, lá estava você para me puxar pra cima... E, quando mais eu precisei, você me mostrou novas pessoas em quem agora podia confiar!

Mas, a verdade mesmo é que se não fosse a Mari, minha cunhada bauruense, talvez a mais importante de todas as reconciliações da minha vida jamais teria acontecido e, por isto, eu vou ser eternamente grato!! Obrigado por tudo também, Mari!!!! Por ter segurado a onda na fase mais difícil para mim e para o Folha, por todos os conselhos em Ubatuba (sim, me lembro de tudo o que conversamos naquela viagem!) e, o mais importante de tudo, por ter cedido sua casa no porre mais insano da vida!!!! Rsrsrsrs...

Aliás, como padrinhos, não espero nada mais do que pole-dance no toco de árvore e dança do siri em cima do palco.... Só não esqueçam de demonstrar sobriedade a todo o tempo!!!!

Amo vocês brother e cunha!

Kelly e BetãoTudo bem que você, Ké, apesar de ser minha amiga, sempre foi militante do PP (Partido Paula) e tem uma "leve" inclinação para o lado normalmente oposto ao meu, mas você não podia deixar de ser nossa madrinha! Principalmente porque o Betão já tinha vaga cativa no time dos padrinhos! Rsrsrsrs...

Ké, acho que nem você sabe ao certo a consideração que tenho por você, por nossa amizade, por pequenos gestos e pelas palavras certas nas horas devidas... Sabe aquelas pessoas com quem você pode sempre contar? Pois é, são poucas na vida e você é uma delas. Até mesmo para pedir ajuda sobre "lentes de contato" ou para brincar de guerra de travesseiros!!!! Kkkkk...

Betão, obrigado por ter dado rumo na vida dessa minha amiga, viu?!?! Acho que você se lembra bem do alívio unânime quando ela nos apresentou a você!!! Desde então tenho certeza que sou um cara de sorte... Afinal, de quebra ganhei mais uma pessoa para o grupo das "poucas na vida"!!! Apesar do seu gosto pelo alviverde, tamo junto, meu querido!!!

P.S.: Betão, por favor, me avise a hora certa de tomar água!!!! Imprescindível para a demonstração de sobriedade Rsrsrs

P.S. 2: Ké, pelo amor de Deus reforça a costura da alça do vestido aí

Lari e Yoshi"Sabe de nada, inocente!".. Essa frase nasceu qdo descobri que meu amigo da Poli e minha amiga da Farma já estavam enrolados pouco tempo depois que eu os apresentei inocentemente num Bixopp!!! Rsrs. Brincadeiras à parte, que sorte ter 2 dos meus melhores amigos como um casal...

Lari: tinha que ser! A gente se conheceu da forma mais inusitada possível e a empatia foi imediata, do dia 1! Tá bom, vai... do dia 2, porque no dia 1 você me pegou numa situação constrangedora!!! Rsrsrsrs... Mas, nunca vou me esquecer daquela Emotion e da nossa conversa fácil, que durou horas e horas como se nos conhecêssemos há anos... E de lá para cá nada mudou! Tudo bem também que ao longo dos anos eu mais escutei do que falei, afinal, você fala MUITO mais do que eu!!! :P Agora, falando sério, nunca me canso das nossas (longas) conversas, sinto até falta de termos mais tempo como tínhamos antes, espero que a gente nunca perca isso: nosso jeito fácil de sermos amigos, sem precisar forçar nada, simplesmente assim, natural... Obrigado por tudo, Laritchan, por todos os conselhos, broncas e por ter sempre estado ao meu lado!!!

Yoshi: o aprendiz que superou o mestre nas quadras! Rsrs.. Do futebol religioso no CEPE nasceu esta amizade incrível, quem diria?? Não tenho como descrever minha admiração por você... Primeiro porque até hoje você é o único cara que eu conheço que terminou a Poli jogando tanto pôker e tanto truco na faculdade!!!! Rsrsrsrs... Só por isso você já é uma referência pra mim!!!! :))) Mas além disso, eu também admiro você em menor escala por ser esse cara leal, amigo sincero, parceiraço para qualquer parada e um cara com quem eu sei que posso contar em qualquer situação... amo você mlk, tamo junto!

MuzzaComo eu não teria ao meu lado o cara que está comigo desde que eu nasci? Literalmente! Uma parceria que vem desde 1984 e, desde então, crescemos juntos, diz aí Primo!!!!

Já demos muita risada juntos, já brigamos (com direito a soco na boca :-o), já choramos um no ombro do outro, já nos demos broncas, já pedimos conselhos um ao outro também, já torcemos muito pelo nosso tricolor, já jogamos no mesmo time de baseball, já cantamos a fita K7 do Mamonas Assassinas inteira infinitas vezes, já contamos piadas sujas para o nosso avô (tudo bem, eu contei mas vc estava rindo de todas!), já quebramos o galho um do outro na balada (mais você do que eu, confesso! mas, vc já me deixou na mão com um rottweiler raivoso e isso compensa tudo rsrsr) e já até fomos palhaços de circo por uma tarde... passamos por poucas e boas, não é mesmo??

Muzza, definitivamente, não são "apenas" os laços familiares que nos unem há 32 anos... É a afinidade e o carinho que nos mantém nessa irmandade até hoje! Você é O CARA pra mim e é um orgulho e uma honra ter você como padrinho do meu casamento! Obrigado por tudo, primo! Amo você!

P.S.: Sem contar que, se não fosse você, provavelmente nem teria conhecido a Paulinha e nada disso estaria acontecendo... Rsrsrsrsrs

PatiPaaaati, das coisas que levo comigo de BH que mais valeram a pena, com certeza você é uma das mais valiosas!!

Ninguém tem a sua capacidade de me traduzir... Não tenho segredos com você e acho que não conseguiria ter nem que eu quisesse. Você sabe como estou pelo tom da voz ou até pelo jeito de escrever no whatsapp e isso é incrível!!!! É assustador às vezes também... Sabe aquela força do hábito de dizer "você não sabe o que estou fazendo" ou de perguntar "adivinha o que estou fazendo" esperando que a pessoa responda "não tenho a mínima idéia... o quê?"? Pois é, com você eu tenho até medo de perguntar porque você já adivinhou algumas vezes, inclusive quando estava comprando um carro!!!! OMG!!! Rsrsrs...

Não vou ousar escrever aqui todas as boas memórias que eu tenho da nossa amizade porque com certeza minha memória é pior que a sua e não vou lembrar de todas as histórias com a riqueza de detalhes que você guarda na sua caixola. Mas, posso garantir que todas elas são mais do que especiais para mim!!!!

Pati, obrigado por ser essa minha confidente de todas horas, minha conselheira para os mais diversos assuntos e situações, minha parceira de bons momentos e risadas garantidas, minha "miga, sua loka", my best friend forevis e, agora, minha madrinha!

Vito e TathaTolditos e Tatha, por onde vou começar para tentar explicar o quanto vocês significam para mim?!

Vitão, talvez eu comece falando que, se eu soubesse que meu cabelo laranja, meu boné para o lado e minha mochila na altura do joelho atrasariam nossa amizade por um ano na Poli, certamente eu não pensaria duas vezes para mudar pelo menos a cor do cabelo (porque o boné e a mochila eram style, vai!? Rsrsrs)... Por outro lado, não me arrependo de nada depois disso, por ter feito você ver um cara diferente por trás daquela aparência marrenta e por ter ganhado sua amizade em uma carona para o metrô.

Mal sabia eu que estava ganhando mais do que uma amizade, estava ganhando um irmão para a vida toda... Bro, obrigado por ter feito os 4 anos de Poli terem sido infinitamente melhores do que teriam sido sem você, mas, acima de tudo, obrigado por esses 14 anos em que assistimos ao crescimento e ao amadurecimento um do outro de camarote: términos, reconciliações, dúvidas, decisões, confissões, afirmações, estágios, efetivações, sucesso, mudanças, casamento, paternidade...

É, queridos, a vida mudou muito e foi um prazer dividir minha história com vocês até agora... E sabe qual a parte boa? Foi só o começo!